Congregação Salesiana

Os Salesianos de Dom Bosco (SDB) formam a Congregação Salesiana, também conhecida como Pia Sociedade de São Francisco de Sales, que teve Dom Bosco como seu fundador. É uma congregação religiosa da Igreja Católica Apostólica Romana, fundada em 1859 e aprovada, em 1874, pelo Papa Pio IX. O nome oficial “Pia Sociedade de São Francisco de Sales” é uma homenagem a São Francisco de Sales, santo reconhecido pela sua mansidão e bondade, virtudes que Dom Bosco entendia como sendo fundamentais para que seus religiosos pudessem trabalhar com os jovens.

Abertos às culturas dos países em que trabalham, os SDB procuram compreendê las e acolher seus valores para encarnar nelas a mensagem evangélica. As necessidades dos jovens e dos ambientes populares, a vontade de agir com a Igreja e em seu nome, movem-os e orienta-os em suas ações pastorais para o advento de um mundo mais justo e mais fraterno em Cristo. Os principais destinatários da missão salesiana são os jovens, especialmente os pobres e em situação de risco. Os salesianos trabalham também nos ambientes populares, com atenção aos leigos evangelizadores, à família, à comunicação social e entre os povos ainda não evangelizados.

A Congregação é composta por irmãos de vida consagrada, leigos e sacerdotes, que fazem votos simples de castidade, pobreza e obediência. Ao lado de Madre Mazzarello, Dom Bosco deu início também à Congregação das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) o braço feminino do carisma no trabalho com adolescentes e jovens. Salesianos e salesianas se constituem como o tronco da grande família salesiana, que reúne hoje dezenas de outros ramos que a compõem.

O trabalho da Congregação Salesiana se divide hoje entre colégios, obras sociais, universidades, missões, paróquias.