Histórico

Vista noturna Santuário Dom Bosco

O Santuário Dom Bosco é uma das mais conhecidas Igrejas de Brasília e uma das imagens mais frequentes nos cartões-postais dessa cidade. Ocupa uma boa parte da Quadra 702 Sul, em posição bastante central no Plano-Piloto.

Construído em homenagem ao padroeiro de Brasília, São João Belchior Bosco, o Santuário tem 80 colunas de 16 metros e é decorado por vitrais em 12 tonalidades de azul. No interior, um lustre de 3,5 m de altura, formado por 7.400 peças de vidro murano, simboliza Jesus, a luz do mundo. Portas produzidas em ferro e bronze, com baixos-relevos, lembram a vida de Dom Bosco.

Lustre do Santuário Dom Bosco

A construção do Santuário foi iniciativa da Congregação Salesiana. Sob a inspiração do sonho de Dom Bosco com Brasília, também foi erigida em homenagem ao Santo dos jovens, uma pequena ermida (capela) defronte ao lago Paranoá.

O Santuário foi eleito uma das sete maravilhas de Brasília em 2008 pelo Bureau Internacional de Capitais Culturais (IBOCC), entidade com sede em Barcelona. Com esse título o Santuário foi incluído pelo Governo do Distrito Federal na rota turística de Brasília.

Embora desde o inicio tenha sido chamado de Santuário Dom Bosco o decreto oficial nomeando a paroquia São João Bosco em Santuário ocorreu dia 16/08/2017.

Continuar lendo em Padroeiro